Certamente você já se perguntou qual é a diferença entre o tarot e cartomancia, não é mesmo? Felizmente, você chegou ao local certo!

Para ajudar você a entender mais sobre as diferenças entre o tarot e cartomancia, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessado em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

Diferenças entre o tarot e cartomancia

Cartomancia

A cartomancia nem sempre usa o próprio tarot, mas uma parte dele que conhecemos como um baralho comum (baralho espanhol).

A cartomancia usa essa versão porque seu objetivo é revelar o futuro, ou seja, revelar eventos que ainda não se manifestaram, que ocorrerão na vida de uma pessoa ou situação.

Em termos gerais, a cartomancia abrange todos os sistemas divinos em que as cartas são usadas como elementos para a transição de previsões.

Nesse sentido, os desenhos têm um significado anterior estudado pelo vidente que constitui um intérprete da mensagem divinatória.

Cada elemento deve ser analisado sob um olhar objetivo e realista, onde o que você vê é algo tangível e que deve acontecer no mundo real.

Dentro da leitura de cartas (cartomancia), três métodos para capturar a mensagem reveladora são conhecidos: o magnético, intuitivo e concentrado.

Em contraste e como você verá ao longo do artigo, o tarot tem como principal objetivo a reunião pessoal, embora agora permita adivinhação. A busca interna e a descrição do futuro são a principal diferença entre as duas práticas.

Tarot

Já o tarot tem objetivos diferentes, mas que de alguma forma se cruza com a cartomancia.

O próprio tarot, em vez de usar palavras usa uma linguagem mais universal, a imagem, que independentemente da língua falada, sempre gera sensações e nos remete a ideias comuns, independentemente da cultura à qual pertencemos.

Basicamente, serve como uma espécie de referência para entender o que existe ao redor das pessoas e dentro delas, ajudando a organizar o conhecimento.

O Tarot pode ajudar na reconexão com o que pode ser sagrado na vida, independentemente da religião praticada.

Sim, há uma parte deste estudo que envolve eventos futuros, mas seu foco está no presente, no sentido de ajudar aquele que estuda e quer trabalhar em si mesmo no hoje para realizações no futuro.

Por exemplo, uma coisa é uma cartomante dizer que você vai se casar, e outra que um tarólogo use essa visão para que a pessoa que consulta reflita sobre o assunto e perceba sozinha o que não estava percebendo (a escolha é sempre daquele que consulta e não do “destino”).

Mas seu estudo, sua filosofia, é algo que pode ser realizado na vida cotidiana, e é prático e aplicável no sentido de ajudar a entender a si mesmo.

Como diz Alejandro Jodorowsky, “A Cartomancia é usada para adivinhar o futuro e a tarologia fala do presente. O Tarot não prevê o futuro, mas pode nos fazer pensar a nossa realidade de uma forma menos racional, e vai nos mostrar coisas que sabemos inconscientemente, mas que não percebemos racionalmente. É uma porta para o nosso interior…”.

Presente e futuro

Embora ambas as disciplinas se enquadrem nas artes divinatórias, uma das diferenças mais notórias entre tarot e a cartomancia reside em seus diferentes objetivos.

E enquanto o tarot finge explicar o que está presente ao nosso redor e o que governa dentro de nós, a cartomancia é usada para adivinhar o futuro.

É verdade que o tarot também fala sobre coisas que acontecerão no futuro, mas é ao ler o tarot que o contexto se concentra principalmente no presente e finge ser uma ajuda para o consultor, já que fala sobre seus pensamentos mais ocultos, seus desejos inconscientes e como alcançar o que cada um anseia.

Portanto, podemos dizer que a catomancia nos fala sobre o futuro, e o tarot sempre se refere ao momento presente, nos ajuda a nos conhecer melhor e tomar melhores decisões em nossa vida. Então, para saber nosso futuro, escolhemos a cartomancia, e se quisermos trabalhar em nós mesmos e no interior, é melhor optar por uma abordagem do tarot.

O destino é um conceito básico para tarologia e cartomancia. No entanto, enquanto na cartomancia o destino é único, quando falamos do tarot, tornamos cada pessoa capaz de forjar seu próprio destino.

O tarotista nos dirá o que sabemos, mas que armazenamos no inconsciente. Desta forma, nos dará uma chave para que nosso futuro seja como queremos. Por outro lado, a cartomancia só nos dirá sobre o que acontecerá no futuro, não sobre nós mesmos.

Em suma, podemos concluir que o tarot nos fala sobre o presente e a cartomancia do futuro.

Gostou de saber mais sobre as diferenças entre o tarot e cartomancia? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

Deixe um comentário

Voltar
WhatsApp
Skype
Instagram
Facebook